×
Uva
Abril 1, 2022
UVA/CEPEA: Escoamento é lento, e brancas sem semente se desvalorizam
Custos de produção em alta seguem preocupando

Por Samara Oliveira Felipe e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
UVA/CEPEA: Escoamento é lento, e brancas sem semente se desvalorizam Ver fotos

Piracicaba, 1º - A colheita de uvas de mesa no Vale do São Francisco (PE/BA) durante o primeiro trimestre de 2022 vem apresentando resultados heterogêneos. Isso se deve à distribuição das chuvas nas diferentes áreas desde o início do verão 2021/22, já que os volumes de precipitação variam de acordo com a localidade, assim como as necessidades das diferentes variedades em relação a tratos culturais e a suscetibilidade a doenças decorrentes do excesso de umidade. Neste cenário, a qualidade e a oferta das uvas nordestinas diminuíram, enquanto os custos de produção, aumentaram.

Nesta semana (28/03 a 1º/04), a branca sem semente embalada foi vendida à média de R$ 11,05/kg, queda de 8,7% frente à semana passada. Apesar da redução nas cotações, colaboradores consultados pelo Hortifruti/Cepea enfrentaram dificuldades nas negociações nesta semana, com menor volume escoado.

Fonte: hfbrasil.org.br

Em parceria com:

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui

Tags
arra 15
branca sem semente
chuva
clima
cotação
custo de produção
demanda
juazeiro
oferta
Petrolina
preço
qualidade
uva
vale do são francisco